sexta-feira, 31 de outubro de 2008

CORPOS ARDENTES


É noite chuvosa,
estou sem sono, a me rolar na cama,
ouço um ruído,
porta se abre,
me deparo com você,
num largo sorriso o recebo,
você chega devagarinho,
ajoelha-se na beira da cama,
me beija gostoso,
e com as mãos acarecia meu corpo nu
que se arrepia
com um simples toque seu.
Sinto seu membro rijo a tocar-me.
você se levanta e é minha vez
de ajoelhar-me à sua frente.
Abraço-o pela cintura e minha boca
começa a pessear pelo seu corpo.
Beijo seu peito, chupo seus mamilos
já enrijecido de tesão.
Desço devagarinho pela barriga
até chegar no seu mastro.
O percorro todo....
acariciando suas bolas começo a
saborear....sugar....chupar....
Passo a língua no seu mastro
já sentindo o sabor do prazer
Meus seios enrejicidos denunciam
a intesidade do meu desejo.
Percorre todo seu sexo de cima a baixo
me demorando na cabeça.....Que delicia!!!!
Me delicio, gozo só de te chupar.
Você não quer gozar agora,
me joga na cama e começa a brincar
com meus seios, descendo pela barriga,
sugando meu umbigo, enquanto seus dedos
atrevidos encontram minha xana encharcada
Me abro toda pra você,
Você desce mais até sua lingua
carinhosa e maliciosa toca meu grelo.
Você sabe como gosto
bem devagar....
continua brincando com sua lingua
em meu grelo, com um dedo na minha xana
e outro no meu cuzinho
que já pisca querendo te engolir.
Sente meu grelo salinte aponto de abocanhar
já não aguento mais e imploro pra ser possuída.
Estou suada...ofegando....e gozando
quero logo ser penetrada!!!
Você me puxa à beira da cama
ergue minhas pernas até seu ombro
coloca dois travesseiros embaixo
de minhas ancas e começa a pincelar
com seu membro todo o contorno no meu sexo
me fazendo delirar!!!
Devagarinho, vai colocando ele na entrada
e empurrando olha minha xana engoli-lo
inteiro, segura minha cintura para
saborear nosso delicioso rítmo....
E nesse delírio da vontade
de gritar o quando o amo!!!
Em cada estocada que dá
você joga a cabeça pra tras e urra....
não aguentando mais me contorno
gozando muito e te molhando todo....
Me coloca de quatro,
e passando seu membro no orifício
mais apertadinho que se contrai
a cada forçada pra entrar.
Você começa a meter com um
pouco mais de força no meu cuzinho
Ele engolindo teu membro inteirinho...
aos poucos...me deixando inteira a sua disposição...
me fazendo estremecer, ter espasmos e
começar um delicioso múltiplos espasmos....
Você me xiga de vadia, bate na minha bunda
puxa meus cabelos
perguntando se estou gostando
e eu respondo: Ahammmmmm!!!
Enquando suas mão intercaladamente
não param de acariciar meu grelo
e meus seios, ambos exaltados de tanto prazer...
Numa só estocada, enterra todo seu membro
no meu cuzinho. Eu solto um grito
de dor e de prazer....
Você enterra seu dedo na minha xana que se
contrai molhada e quente de quero mais...
Gritando e gemendo enlouquecida de prazer
gozo mais uma vez!!!
E você continua
até que sinto seus jatos fortes e quente,
enchendo-me com seu leitinho...
Seu membro ainda rígido...
Movimentos que não param...
Até que gozanovamente...
Então exautos, nos abraçamos,
beijamos e dormimos enebriados com
o cheiro do nosso amor....





segunda-feira, 27 de outubro de 2008

LOUCA E INSACIAVEL


Tua lingua frenitando-me por dentro
Teu toque arrepiando-me a pele
Tua carícia fazendo-me suspirar
Esse calor que me provocas
Essa ardência no meio das pernas
A umidade que se escorre quente...
Essa necessidade de te sentir
de te possuir...
de te engolir
de ser possuída...
penetrada
invadida, domada
Meu corpo em sintonia com o seu
dançando, colados, suados, ofegantes,
delirantes, estregados...
hummmmmm
buscando a satisafação,
mais prazer a realização...
a calma deste tezão
que nos leva a loucura.
Gosto do teu sabor
do teu cheiro
Você sente o meu
nos beijamos, misturando saliva
meu gosto na tua boca
o teu na minha
nossos cheiros misturados
ao cheiro de sexo
de amor, de paixão
Você meu macho viril
eu tua fêmea no cio
que loucura!
Existimos?
Que planeta estamos?
Quem somos?
Você sabe?
Nem eu.
Eu gemendo, gritando,
delirando em teus braços
Teus gemidos juntando-se aos meus.
Suga-me o sexo que arde em brasas..
Eu engulo o teu com maestria e paixao...
Beija-me mais uma vez
sugando minha língua
toca-me o pescoço com tua boca macia
passando a tua língua úmida.
Deixando tua respiração ofegante
me enlouquecer...
dizendo que ama-me
e deseja-me com loucura
Meus seios imploram por tua boca
chupa meus biquinhos duros amor
estão enrugados de tezão...
Vem meu amor, que você me
deixa como um vulcão,
querendo esplodir em lavas...
Penetra-me..vem.. me come gostoso
meu amor, eu te amo
Vamos gozar juntos de novo
e depois recomeçar
você me deixa louca...
desvaraida e insáciavel
Quero sempre mais e mais
ora fazendo amor
ora fazendo sexo
mas sempre feliz.

Qndo penso em vc..
me amando,
me levando aos céus de tanto prazer..
vejo dois corpos em sintonia se
aproximando do paraíso..
tuas maos exigentes a me explorar,
a me instigar, me levar ao delírio..
nao tenho forças para resistir..
quero vc.. nesse momento,
nada mais importa, só eu e vc..
só o nosso prazer, minha boca te
suga pedaço a pedaço,
saboreando teu gosto
teu cheiro me embriaga,
me deixa maluca..
Seu toque?
me leva a loucura..
nem sei nesse momento o q quero mais,
teu corpo a mercê dos meus desejos,
meu querer, minha satisfaçao plena..
tudo que quero nesse momento é
sentir teu gozo em mim
misturado ao meu prazer..
delícia ouvir teu gemido,
teu arfar satisfeito,
e depois teu relaxar..
Teu prazer me inebria,
me enlouquece, somos dois
corpos fundidos em um..
qndo me deixo desfalecer,
cansada, e sem forças depois
de uma guerra de prazeres
onde nao há vencedores e nem
perdedores apenas o
prazer de dois amantes...

sábado, 25 de outubro de 2008

PAIXÃO


Neste momento
penso em você e então
quisera me transformar em vento
E se assim fosse
chegaria agora como brisa fresca
e tocaria leve sua janela
E se você me escuta e
me permite entrar
em você vou me enroscar
quase sem o tocar
Vou roçar nos seus cabelos
soprar mansinho no ouvido
beijar sua boca macia
o embalar no meu carinho
Mas eu não sou vento
Agora sou só pensamento e
E se abrir sua janela
eu estou chegando aí
agora neste momento
em pensamento no vento

Penetra-me


Vem...
Deita minha cabeça no teu colo,
E deixa que teus dedos deslizem
Pelos meus cabelos, num afago,
Num cafuné gostoso que só tu sabes fazer.
Vem de mansinho,
Em beijos suaves nos meus olhos,
E deixa o doce da tua boca em minha boca...
Abraça-me...
E deixa que no abraço de teu ser,
Eu possa sentir o calor do teu corpo,
Na ternura que aos poucos,
Vai diminuindo a distância que nos separa.
Toca minha pele com tua pele,
Deixa que tuas mãos possam caminhar
Assim... devagar, por cada pedacinho de mim...
Não tenhas pressa de chegar,
Despertando-me, seduzindo-me cada vez mais.
Deixa que as seivas do êxtase,
Aos poucos nos possua, em carinhos ousados,
Que aos poucos vão aguçando-nos,
Misturando nosso suor... nossas bocas,
Nosso corpo... que cada vez pede mais!
Toca-me...
Beija-me...
abraca-me...
Deixa que te encontres assim... em mim,
Corpos colados, ardentes,
E como fogo que queima... se buscam...
Sedentos de amor... de acoplar-se.
Vem... já te quero em mim...
Segue pelos caminhos dos meus segredos,
E perca-se no molhado de nossos desejos,
Que em paredes úmidas de amor, te pede
Numa súplica sem palavras,
Penetra-me...

QUERO...SER SUA....


Quero ser sua...
Quero que invada a minha privacidade...
Possua-me com desejo...
Com tesão...
Com poder...
Quero que me rasgue inteira...
Que se mostre meu dono...
Meu parceiro...
Meu amante
Quero que me olhe com olhar de um lobo mau...
Perverso...
Perigoso
Puxe meus cabelos...
Aproxima-me de você...
Prenda o meu braço
Não me dê opções...
Não me dê escolha...
Faça-me sua fêmea
Me deixa domada...
Molhada...
Suada...
Cansada...
Estafada
Me deixe sem ar...
Sem forças...
Faça-me tua...
Entre em mim...
Ocupe os espaços vazios
Me encha de prazer...
Me encha de amor...

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Suavemente, tocas-me a alma e o corpo... Derretes-me com o teu sorriso doce... O teu terno olhar... seduz-me... conquista-me... Perco-me, de livre vontade, em ti!

Beijo-te levemente os lábios e tu retribuis... beijo-te atrás da orelha e sinto-te vibrar... vou descendo pelo pescoço... desabotoando timidamente a camisa, desnudando-te o peito, que se oferece à minha boca... beijo-o avidamente. Fome de ti, do teu corpo, do teu sabor, do teu cheiro...

Estás visivelmente excitado (tal como eu) e acaricias-me o cabelo, numa entrega total, sem limites, sem pudores, sem receios...

Concentro-me um pouco no teu umbigo... sei que te deixa louco... a proximidade com algo que já pulsa e clama pela minha boca... já sinto o teu odor, que me deixa sem qualquer duvida quanto ao teu estado... vou beijando e mordendo levemente abaixo do umbigo, mas páro antes de lá chegar...

Liberto-te das calças, que te prendem. Toco o teu membro muito levemente e tu reajes... olho-te nos olhos... estás visivelmente excitado, numa ansia de me sentir, de me possuir... e, no entanto, o teu olhar... que tanto me seduz!... permanece doce e terno. Sinto-te derreter a cada toque meu, a cada palavra minha...

Concentro-me em ti, no que clama quase desesperadamente por mim... beijo-te, mordo-te, sugo-te...estás inteiro em mim e sei que estás quase a atingir o climax... sentir o teu prazer deixa-me louca!

De repente, fazes-me parar, encostas-me à parede e entras, em fúria, em mim... com desejo, com tesão, com força! Explodes num orgasmo que me faz rapidamente seguir-te e atingir o orgasmo também!

Extenuados, ficamos assim, eu encostada à parede, tu apoiado em mim... Ambos com um sorriso nos lábios e a satisfação estampada nos nossos rostos...

DESEJOS...


Um desejo louco, incontido....
Se amana pelo meu corpo...

Nessa ânsia incontrolável de seu...
Minha boca está seca e reclamando os beijos
ardentes que ainda não deu....
Meus olhos tem procuram....
Minhas mãos tentam te tocar....
meus dedos começam a delinear teu corpo,
numa ânsia doce e ousada....
O desejo se aflora....
Me sinto ardente e incontrolada....
Meu pensamento começa a fazer amor com vc,
dançando numa fantasia erotizada de prazer...
Céus!!!Te sinto dentro de mim....
Nossos corpos vibram, fazendo até mesmo
as estrelas despencarem em nossa direção...
Chegamos juntos ao extase da paixão....
Mais volto a realidade ao tocar na tela
fria deste computador na esperança de te
encontrar e me contentar em te acariciar virtualmente....

Quando a tua mão
Deslizou leve
Pelo meu cabelo
E veio até o pescoço
Quando teu hálito quente
Tocou minha orelha
E teu beijo molhado
A minha nuca
Ativaram-se em meu ser
Todas as centelhas
Suspirei, delirei
Entrei em alvoroço
Meu corpo vibrou
Estremeceu
Como se fosse de neve
Em suor se derreteu
Minha voz embargou
Ficou rouca
Veio o desejo incontrolável
Aquela vontade louca
De sentir teu corpo junto a mim
Nossas bocas e mãos se unindo
Nossos olhos nos consumindo
Excitando assim nossa libido
Que como flor vicejante e sensual
Fertilizada pelo carinho recebido
Desabrochará em prazer
Em êxtase total
Do começo até o fim!

terça-feira, 14 de outubro de 2008

νєм!!!


¢нєgα мαιѕ ρєятσ!
мє ∂єιχα ѕєитιя тєυ ρєяfυмє.
иãσ, иãσ qυєяσ υм ρєяfυмє ¢σмρяα∂σ.
qυєяσ тєυ ρєяfυмє...
тєυ ¢нєιяσ ∂є нσмєм.
qυєяσ ѕєитιя иσ αя σ αя∂σя ∂σ тєυ ∂єѕєנσ,
ѕєитιя иα мιинα вσ¢α, σ ∂σ¢є ∂σ тєυ вєιנσ
qυєяσ ѕєитιя иσ α¢σи¢нєgσ σ
тяємσя ∂α тυα ραιχãσ.
νєм, ¢нєgα мαιѕ ρєятσ!
мє αρєятα єм тєυѕ вяαçσѕ.
νιвяα נυитσ ¢σмιgσ ρєя¢євα qυє мє єχ¢ιтєι.
ѕαιвα ∂σ мєυ тєѕãσ,
¢σинєçα мιинα ραιχãσ νєм,
νєм мαιѕ ρєятσ!
яσçα тєυ ¢σяρσ иσ мєυ.
тє єѕfяєgα єм мιм, ѕσυ тυα.
fαçα ∂є тι υмα gαтα ¢σя¢σνєιє, єѕρяєgυι¢є ...
мє єияσѕqυє. мє fαz συνιя ѕєυ gємι∂σ.
νєм, fι¢α вєм נυитιинσ. мє fαz ѕєя тєυ ∂єѕєנσ.
мє α∂σ¢є ¢σм тєυ вєιנσ.
мє мαтє ∂є тαитσ ¢αиѕαя.
мσяяα ∂є fσмє ∂є мιм.
мαтє мιинα fσмє ∂є тι.
αвяα ρяα мιм тυα fσитє.
мє fαz σ ѕυσя ¢σяяєя α fяσитє
мє єиνσℓνα єм мєισ α тєυ ¢σяρσ.
мє ∂єιχα fι¢αя мєια мσятα,
∂є тαитσ тє ∂єѕєנαя.
мє αρєятα є мє ρяєи∂є ασ ѕαιя.
є иσ єитяαя мє ¢нαмα ∂є αмσя

Quando fazemos amor...
vejo em seus olhos, o desespero...
o desejo e o tesão que se passa
dentro de você!
A sua luta interior com seu
corpo, enlouquecido...
ensandecido pelos caprichos meus.
Meu rebolar frenético sobre você...
meus gemidos...
te endoidecem...
embriagam...
E faço de você o que quero...
meu amante, lindo e sensual.
Percorro com minha língua seu corpo,
de uma extremidade a outra...
mordendo devagar...
degustando cada momento seu sem perdão.
Adoro vê-lo meu escravo...
submisso aos meus caprichos e fetiches!
Mesmo depois que você vai embora aturdido...
com as pernas ainda trêmulas,
pelo delírio que te provoquei...
ainda te vejo nu na cama...
com aquele olhar faminto,
que devora até minhas entranhas...
e sorrio...feliz...
por ter te feito sentir a doce
volúpia do tesão e prazer...
que pouca mulher sabe fazer!

Quando nossos corpos se tocam
Mesmo por cima da roupa ...
Sinto o calor que vem do teu corpo ...
Misturando ao calor do meu ...
São gotas do suor ...
Gotas de quem esperou por esse momento ...
Agora , as roupas vão caindo ...
Revelando o sexo nervoso ...
Sexo endurecido ...
Sexo umedecido ...
Mãos que seguram sexo ...
Mãos que penetram sexo ...
Línguas que lambem ...
Sexo que arrepia ...
Sexos que se encontram ...
Enfim ...
Sexo que agasalha ...
Sexo que desbrava ...
Acabamos ...
Me deito sobre teus pelos ...
Sinto o cheiro do meu sexo ,
No teu ...
Sinto o teu cheiro misturado
Ao meu ...
Cheiro do gozo supremo ...
Cheiro do sexo ...
Que eu adoro ...

ÊXTASE


Estou aqui te esperando,
já perdi a conta dos dias,
das horas e dos minutos.
Meu corpo chama pelo teu!
Aqueço-o com suas lembranças
das tantas vezes que você
deslizou suas mãos sobre ele.
Fecho os olhos e adormeço na saudade.
O corpo inflama de prazer e deixa
exalar o seu perfume que
mora dentro de mim.
Algumas testemunhas,
o luar que atravessa a janela
e vem me cobrir fazendo
o papel do seu corpo.
As estrelas, que invadem meu leito
e me fazem brilhar no momento do êxtase.
Tudo acontece como se você
estivesse o tempo todo dentro de mim,
lenta e profundamente.
Gemidos de prazer,
o corpo delira no engano,
finge que acredita no sonho.
Sinto tuas mãos agarrarem cada
parte de mim e cada uma delas
reage a esse encontro de
maneiras inusitadas.
O peito ofegante, o grito involuntário,
o prazer acontece solitário.
Depois abro os olhos e não te encontro.
O luar se retira acanhado,
as estrelas pedem licença pra se afastarem.
Restou meu corpo cansado e molhado
por entre os lençois...agora,
precisando das tuas mãos para
acariciá-lo e dos teus lábios para me dizerem:
Começaria tudo outra vez!!!!!!!

domingo, 12 de outubro de 2008

DESEJOS....


Desejo...
Beijar teu corpo inteiro,
Acariciar cada pedacinho,
Levar você ao êxtase,
Sussurrar doces
palavras em seu ouvido.
Desejo...
Mostrar-te as delicias...
De uma noite regada a champanhe,
Levar-te comigo...
Na maior loucura.
Desejo...
Mostrar-te a maravilha,
De uma massagem sensual.
Levar-te a praia...
E na beira, levar você a loucura...
Desejo...
Teu calor junto ao meu,
Para aplacarmos este fogo.
Ver teus olhos... Na hora
Do encontro de nossas almas.
Desejo...
Sim, desejo você!

É ABUSADA....


É abusada que tu gostas mais
Louca para te puxar
Contra meu corpo
Sentir minhas curvas
Sentir meus seios
Encostando no teu peito
Roçando e atiçando
Bem safada...Sem vergonha..
Deixar sentir teus lábios
O molhado dos meus beijos
O calor que exalo
O olhar provocante
As palavras picantes
E falar que adoras assim
Esse modo que tenho
De te fazer enlouquecer
E ficar com meu gosto
Na tua boca
Marcado para sempre
Nunca vais me esquecer
Onde for...Eu estarei.

FÊMEA....


E eu roçaria minha boca na tua pele
Me incendiaria com tuas mãos
Esfregaria meu rosto no teu peito
Me perfumaria com teu suor
Teu olhar perfuraria meus olhos
Que escorreriam em lagrimas
Molhando meu sexo
Fêmea no cio
Me abriria pra você
Me saciaria com teu gozo
Até morrer de prazer ...

MEU DESEJO...


Quero te ver deitado,
calmo e sereno...
Cheia de vontade ao
teu lado deitar,
Comtemplar a beleza
do teu corpo nu
E sentir o calor do teu olhar...
Quero que sinta todo meu desejo,
Enquanto me envolve em seu abraço
E me faz sua completamente...
Me alucinando com o sabor do seu beijo!
Quero sentir a doçura das tuas mãos,
A firmeza do teu corpo...
Ardendo de desejo te amar calma e feroz,
Tomando o teu corpo no meu...
Quero confundir nossos corpos
E te sentir por inteiro...
Sem medo ou pudor te
aconchegar em meus braços
E te mostrar o amor verdadeiro...
Quero em movimentos lentos e ritmados,
À loucura te levar...
Entre beijos, sorrisos, desejos e carinhos,
Ser tua sempre para:
Sorrir, chorar, viver, amar!

GOSTO DE FAZER AMOR...


Gosto de fazer amor..
de manhã...de noite...
de madrugada...
com sol...com chuva
com frio...com calor.
Gosto de sentir seu corpo nu,
sobre o meu, à procura
de meu sexo, quente, molhado
cheio de desejos...de tesão!
Gosto de ouvir meus gemidos e
você a razão a calar minha boca,
com beijos que me fazem perder o tino...
quando você me sacia.
Gosto de fazer amor intensamente
mergulhando nas profundezas
do meu..do seu ser...sentindo
seu órgão ereto a me provocar...
Gosto de ver você se enroscando
a procura de mil jeitos para me amar
mas o que eu mais gosto em você,
amor..é seu jeitinho especial
de fazer amor devagarinho...
bem fogoso...bem gostosinho!

DEPOIS DAS DEZ


Beijos e carícias
frases sussurradas
cheios de malícia
costas arranhadas
ardem mais tudo bem
não faz mal a ninguém
depois das dez horas
perde-se a vergonha
ah! Fronha cheirosa
incenso de rosas
esse travesseiro tem um cheiro
colchão de espuma já entrei numa
ah! que molejo
tô afim mesmo, coração
faz que tá bom
Corpos de pelúcia
mãos entrelaçadas
delírios delicias
tantas madrugadas
cansam, mais tudo bem
revigoram também
depois das dez horas
não tem mais censura
ninguém se segura
não é mais pecado
essa criatura do meu lado
vai me enlouquece
vem, me tonteia
num sobe e desce
queima, incendeia o coração
e eu acho é bom
pra lá de bom...

NÃO IMPORTA


Não importa...
se você está ou não presente
Esta noite é minha!
Vou te amar sozinha..
mas vou te amar....
Vou te idealizar nos meus sonhos,
nas minhas fantasias...
vou me deitar na relva contando estrelas,
aproveitando o luar, eu vou te amar...
Você vai entrar nos meus sonhos,
um a um vai realizar...
Depois, tendo meu corpo cansado,
satisfeito, realizado, vou dormir
e continuar a sonhar...
Sonhos são fantasias...
Mas quem não sonha,
durante a noite ou
mesmo durante o dia?
Só quem não tem um amor
pode deixar de sonhar...

DESEJO INSANO


Sou uma vadia insana
Que adora contigo transar
Tenho uma fome louca
Seja qual for o lugar.
Sugo-te com minha boca
Gozo até me fartar.
Com tua língua me penetras
Me acaricias até deslizar
Introduz em mim com carinho
Tornando-me doida
Com o ardor da tua pele
Até meu sexo inflamar.
Tenho uma fome animalesca
Leoa sou
Vou te atacar
Com minha disposição de fera
Como-te em todo
E qualquer lugar.
Nunca erro o bote
Viro até uma tentadora serpente
Esfomeada quebro o pote
No meu sinuoso mareio
Vou de lado
Viro de quatro
Vou de frente.
Doida sou pelo teu cheiro
Lambo todo teu cangote
Mate logo minha fome
Ou te pego até que esgotes.
Faço-te de tesão contorcer
Serás um bibelô
Para que eu brinque ao meu bel-prazer.
És meu mascote de estimação
Aquele que me lambe em todas as partes
Que comerá somente
Nas palmas de minhas mãos.
Para amar não nego fogo
Incendeio-te até pelos teus meios
Estou adorando fazer teu jogo
Em mim matarás todos teus anseios.
Coloco meus seios em tua boca

∂σ¢є ρє¢α∂σ


иσ ¢нãσ ∂σ qυαятσ
α яσυρα ¢αí∂α
σ รαραтσ נσgα∂σ
α ¢αℓ¢ιинα ρєя∂ι∂α...
єм ¢ιмα ∂α ¢αмα
∂σιร ¢σяρσร gяυ∂α∂σร
яσℓαи∂σ єм ¢нαмαร
σfєgαитєร รυα∂σร...
∂єитяσ ∂α яє∂є
иσ вαℓαиçσ
qυє ναι є νєм
ρєℓєร є вσ¢αร
ρєяиαร є вяαçσร
รєχσร รα¢ια∂σร
gσzαи∂σ ρєяfєιтσ
¢σм ραรรσ...
иσ αℓтσ ∂σ тєтσ
σ єรρєℓнσ ιи∂ιร¢яєтσ
яєfℓєтє яєρℓєтσ
σ αтσ ¢σмρℓєтσ...
єитяє qυαтяσ ραяє∂єร
ρσя ¢ιмα ρσя вαιχσ
∂є fяєитє ∂є ℓα∂σ
иα ¢αмα иσ ¢нãσ
иα яє∂є ∂σιร รãσ υм
ρяσναи∂σ σ ∂σ¢є ρє¢α∂σ...

LOUCURAS


Enquanto segues em frente,
Deito-me maliciosa em teu leito,
Sentindo teu corpo quente:
Diante das tuas mãos, tudo aceito...
Roubas meus seios da minha roupa,
Acariciando-os com intensos beijos,
Deixando-me completamente louca,
Abrindo-se para ti a Flor dos meus Desejos...
Sou só desejo, sou toda tua...
Beijo-te inteiro com muito amor,
Enquanto deixas-me totalmente nua,
Provocando em meu corpo arrepios e gemidos,
Embalo com lambidas teu tesão
Até nos tornarmos um só em todos os sentidos...!

VAI-VEM ENIGMÁTICO


Por Vênus
Corpos imantados de prazer
Atraem-se pelo belo fato do amor
Enlouquece a carne de desejo.
Faz do sangue cálice espumante de fervor
Desvaira a alma
A sede aparentemente insana
Cessa no doce suor
Que de nós exala
Faz do corpo escravo.
Vai-vem enigmático
Que nos cela em paradoxo.
Corpo ou alma?
Gelo ou Brasa?
E mais tarde...
Quando a emoção é tanta
Os corpos explodem
E a gigante gana
Se desfaz em gozo.
E mesmo ainda sem entender nada
Continuamos colados
Calados.
Saciados e presos na odisséia
do amor que nos libertado mundo!

SEDENTOS


Olhos cor de mel,
dizem tudo.
Desejo ardente,
nesse corpo sedutor.
Suas pernas me encaixam,
loucura e gosto de quero mais.
Vejo luzes brilhantes,
nesse doce balanço.
És único dentro de mim,
e rebolo,
me enrolo.
E essa dança do amor-desejo,
deixam nossas almas nuas...

VEM...


vem deita em meu corpo sedento de paixão
desperta todos os meus sentidos
me enche de prazer
beija minha boca e deixa que eu morra
de prazer sentindo o doce néctar dos seus lábios......
quero ser a delicia a caricia e a tentação
que transforma paixão em prazer...
ternura em tesão e saudade em união...
quero sentir seu rosto acariciando meus seios
sua boca beijando meus poros
suas mãos explorando meu sexo
e meus sussurros de prazer embalando
nossos corpos...meu corpo precisa do seu...
do seu toque, das suas caricias
que me envolvem sem tocar em mim...
quero explodir de êxtase junto com você......
quero ver estrelas...subir montanhas...
cavalgar no seu corpo até nós nos sentirmos plenos..........
Sentir seu calor ardente...

ATRAÇÃO


Seu olhar me beija os olhoso nariz, a boca
desce pelo pescoço numa gula deliciosa
pára nos seios, suga-os gota a gota...
Seu olhar vem até mim, numa fúria louca
despe-me, devora-me enquanto,
cruzo as pernas e acentuo os seus desejos
Você vem em minha direção
um sorriso maroto tira-me para dançar
enlaça-me, me faz sufocar,
Nossas pernas se cruzam
sinto o seu respirar...o corpo fala,
responde e suspira, mostrando os sons ,
arpejos dessa sinfonia que não precisa tocar...

ATREVIDO E INSINUANTE....


Respiro fundo
Para manter-me controlada
Sei que se aproximas
Meu coração bate acelerado...
aumentam o som de seus passos
fico desesperada
e novamente não sei como agir...
Agora você me toca
minha respiração fica ofegante
para meu desespero
você fecha a porta
Atrevido e insinuante...
Mais uma vez me dominas.
Atrevido e insinuante...
Fazes de mim o que bem quer
e quando quer,
fazes comigo o que eu sempre quero
do jeito que eu quero
exatamente do jeito
que eu espero...
Atrevido e insinuante...
Fascinante e perigoso
Me balança...
Me sacode...
Me usa...
Me abusa...
Atrevido e insinuante...
me fazes sonhar,
me acorda,
só pra me amar...
Sonho acordada
então...de tanta paixão...
Atrevido e insinuante...
embriaga-me,
enfeitiça-me,
me fazes adormecer,
vai embora antes do amanhecer...
novamente estou só,
e na dúvida,
Sonho ou realidade?
Eu não sei,
Atrevido e insinuante...
Me fizeste feliz.