domingo, 22 de novembro de 2009


Deixo meu corpo ensaboado
vai se esfregando e passa
seu mastro pelo meu
rego gostoso.
Me puxa, se encaixa
em minhas coxas, se
ajeita em minha gruta
molhada, e brinca
no meu grelo durinho.
Mete gostoso e me
faz delirar com as suas
estocadas e me morde a nuca.
Aperta meus seios e brinca
com os mamilos tesos.
Bate na minha bunda
e mete o dedo fundo
nas entranhas entreabertas.
O corpo treme qdo sente seus
jatos inundarem e se
misturarem com os meus
e me deixar ensandicida
e alagada pelo nosso prazer.
Me abraça forte e me beija,
vai acariciando de mansinho
e me faz suspirar na loucura
dessa nossa volúpia.

domingo, 8 de novembro de 2009

Vem....


Me pega, me ama,
me possua sem pressa.
Minhas pernas abertas
te oferecem minha
gruta molhada e faminta,
esfrega seu mastro
entre os lábios carnudos
até ir no grelo
assanhado, tarado e saliente.
Mete lentamente e
ela devora cada
centímetro,
aperta minhas coxas
e puxa socando até as
bolas e me
deixa alucinada,
desejando todo seu gozo.
Brinca com meus seios
e aperta seus biquinhos,
puxa meu corpo e
me da o seu leitinho,
jorra na minha cara e
deixa eu controlar
os jatos e me melar com todo
seu prazer e seu tesão.
Vem matar minha sede de provar
o seu gozo em minha boca, sentir
ele quente na minha garganta,
escorrendo em meus lábios
e me alucianando levando ao meu
orgasmo mais intenso e insano, vem...


domingo, 4 de outubro de 2009

Alucinante...


Vou me atirar sem medo
Em teus braços, sem segredos
Sabes que te esperando estou
Num ardor que não agüento mais
Quero-te em gozos
Ouvindo meus doces "ais "
Sou uma fêmea sensual e demente
Com sangue em ebulição e ardente
Teu desejo me deixa querente
De tua língua macia e quente
Tua paixão me contamina
Deixa-me tesa e me alucina
Razão perdida, sou coisa louca
Acabo desaguando em tua boca
Vem balbubuciar
Coisas indecentes em meus ouvidos sussurrar
Amemo-nos em tudo que for lugar
Escolhas esta mulher arredia
Para ser teu eterno par...

Queria...


Queria estar na cama contigo agora
Acariciando-te, beijando, afagando.
Sentindo nossos corpos nus se roçam.
ver tua pele viril cor de mel.
Correndo as mãos por teus pêlos sedosos.
Sorvendo teu perfume entranhado na pele.
Beijando teus lábios quentes e doces.
Murmurando palavras de amor em teus ouvidos.
Sentindo teus suspiros quentes me envolverem.
Enquanto suas mãos afagam meus seios
E percorre meu corpo suado.
Buscando minhas zonas de prazer.
Queria abraçar-te com paixão e ternura
Dizendo o quanto te amo.
AH Como queria estar contigo agora...

domingo, 6 de setembro de 2009

O ATO

Nossos corpos se abraçam,
as mãos se entrelaçam.
Nos olhos o desejo,
nas bocas que se unem a ânsia dos beijos.
A respiração se entrecorta.
Minhas mãos acariciam seu corpo,
que responde ao meu em busca da posse.
Meus seios, nas suas mãos,
duas taças que transbordam
o vinho do prazer.
Suas mãos, as minhas...
caminham entre nossas pernas,
buscando passagens secretas.
A fenda que umedece,
se abre, recebe o falo ereto
que penetra, mete, arremete,
se inunda de louco prazer...
Minha voz num sussurro,
tenta eliminar seu cansaço...
Sua fronte no meu colo pousa,
serena, em descanso...
Minhas mãos,
Qual plumas, passeiam
ávidas pelo teu corpo...
Minha boca te acaricia e no
mais profundo do teu ser...
Vem amparar teu gozo.
Sempre e mais, nos debatemos
nesse desejo louco,
que cresce, entumece,
alaga e despe nossas almas
e nos faz feliz, por ora...
Com tão pouco!

Meus Delírios


Fecho os olhos
e te sinto chegar devagarinho...
E, com um beijo apaixonado,
vou me prendendo aos teus carinhos.
Olhar sedutor,
boca sedenta de amor,
cheiro de prazer,
vontade de te ter!
Vou me perdendo nos teus beijos,
me aquecendo nos teus abraços,
me inspirando nos teus desejos.
me entregando às fantasias...
Sinto tuas mãos quentes deslizando pelo meu corpo,
tua respiração ofegante...
Sinto o meu corpo tremer
e passo a delirar de prazer!
Amor selvagem!
Irresistível, apaixonado,
terno e carinhoso,
com gostinho de quero mais!
É assim que te imagino, meu amor!!!

ENTREGA


Eu sou uma mulher ousada,
me permito todas as sensações,
sabes como sou forte e por isso tens medo
e me faz todas as vontades,
também porque me ama e é louco de paixão,
porque te enlouqueço na cama,
pelas ruas, pelo chão,
porque não te deixo dormir sossegado
e te acordo com beijos molhados
e te faço rir como criança...
Faz-me as vontades e realiza os desejos,
me mima e me assanha,
me olha nos olhos por quase um minuto
e me diz coisas no ouvido...
segredos do mundo.
E me faz voar e sentir fundo
o amor, a paixão e o querer...tudo!
Perco o olhar...
o chão, o sono.
Perco a vergonha, as palavras, os gritos.
Eu sou mulher intensa, arteira
Sem sentença e faceira.
Guardo mistérios no olhar e fogo nos poros
Abro as asas e vôo num piscar.
Porque eu adoro voar, me atiro de precipícios
para sentir medo e liberdade...
Eu preciso amar, por isso me atiro no amor
E amo;
Para me sentir viva, completa e livre.
Porque só amor me dá asas e só ele me faz voar.

FOME DE VOCÊ

Sinto sede, sinto fome de você!
Sinto sede do seu sorriso que encanta a minha alma,
fome da sua voz que instiga os meus sentidos,
excita a minha imaginação e me deixa enlevada de tesão!
Sinto sede e fome da sua boca ávida, fico a imaginar...
seriam os seus beijos uma dádiva?
Sinto sede e fome de você!
sede da sua alma, fome do seu corpo..
.dos seus abraços, do seu cheiro!
Venha amor! sem receios...
sem pudor matar a minha sede,
saciar a minha fome, entregar-se a esta
paixão sem medo de viver,
deixando apenas a vida acontecer!!

domingo, 30 de agosto de 2009



Vem meu homem gostoso,
vem ser meu tesão, minha delícia,
vem que quero te saborear vagarosamente,
num delizar de língua,
sobre sua pele macia, quente e arrepiada!
Vem...que quero vc em minha cama,
deitado de costas pra cima,
pra que eu possa sentar em suas coxas
me esfregar quente por elas,
subindo e inclinando meu corpo a frente,
beijando sua nuca...seu pescoço,
te lambendo todinho...e os meus seios,
arrepiados a tocar a pele de sua costa,
e assim minha lingua desce por toda sua coluna
beijando e mordendo levemente,
Quero você
Sem pudor e sem critério
te amar, no céu ou no inferno
quero ser tua mulher, fêmea somente
sentir teu prazer sensual efervescente
Quero sentir meu corpo todo estremecer
Quero um momento a dois quero gritar
O meu grito sentir o .....PRAZER
Quero chorar o choro do meu ..GOZO
E meu corpo se entrega cansado
Quero ser uma fêmea sómente
Quero o prazer do meu corpo
No seu corpo.
Meu desejo é grande,
e quero você nesse instante!

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Quero que me olhe com
olhar de um lobo mau
Perverso
Perigoso
Puxe meus cabelos
Aproxima-me de você
Prenda o meu braço
Não me dê opções
Não me dê escolha
Quero sentir tuas mãos pegando
Meus seios, passando em minhas pernas
explorando meu sexo.
Sacie tua fome entre minhas pernas!
Faça-me sua fêmea
Use e abuse dos prazeres que pode desfrutar...
Me deixa domada
Molhada
Suada
Cansada
Estafada
Vem assim, com esta fome e esta sede
Penetre meu sexo , cavalgue a alazão
Me deixe sem ar
Sem forças
Faça-me tua
Entre em mim
Me encha de prazer
Animal-homem propriedade minha,
Dentes e unhas,
lobo perdido em noites sem lua.
São teus meus versos,
meu corpo, minha alma...
A ti peço apenas que me possua

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Devoras-me


Devoras-me como ninguém.
Num momento súbito, quando te dá na cabeça,
agarras em mim e possuis o meu corpo.
Não pedes autorização, não precisas,
e entras de rompante, apertas-me,
beijas-me e comes-me.
Não dizes o que queres, não pedes, não mandas.
Comandas.
Se queres assim, faz.
Excitas-te e excitas-me.
Masturbas-te comigo, lambes-me, chupas-me, trincas-me.
Abres-me as pernas, olhas para mim com ar de cabrão e fodes-me.
Adoro isso!
A única coisa que faço é gemer, chamar pelo teu nome...
O meu corpo deixa de ser meu,
controlado por mim, para passar a estar nas tuas mãos.
Entrego-me.
Dou-me a ti e e tu dás.
Dás-me prazer, dás-me tesão, dás-me sexo com muito amor...
E quando chegamos ao orgasmo, saio de mim.
E tu, tu enlouqueces, estremeces e cais imóvel sobre mim
e depois ali ficamos, mortos, um em cima do outro
e um cheiro intenso invade o espaço.
Recuperamos o fôlego, olhamos um para o outro e sorrimos.

domingo, 23 de agosto de 2009

Vemm!!!


Vemm!!!
saudade...
fome...
te quero
fico molhada por ti...
me lambe
me chupa
inteira...
me deixa sem ar
me come
me explora
devora
invade sem pena...
rasga a roupa
arranca a calcinha
te quero com pressa
com sede
Vemmm!!!!
agora

nesse instante
me encosta
me aperta
me bate
me morde
sou tua
safada
vadia
me pega
me seduz
me escraviza
sufoca meus gemido
engasga
me faz bandida
me faz amante
me faz tua mulher
pra sempre
e sem fim

Meu gemido te excita.
Meu pedir mais, te desafia.
Minha voz te agita.
Minha boca te beija.
Meus lábios te enlouquecem.
Meu lamber te enrijece.
Meu sugar te estremece.
Meus seios te chamam.
Meus arrepios te revivem.
Meus bicos te clamam.
Meus braços te envolvem.
Minhas pernas se abrem.
Meu ventre se dá.
Meu gosto de fêmea.
Meu cheiro de amar.
Meu jeito de ser.
Meu jeito de te amar.
Meu modo de te ter.
Meu modo de te fazer gozar.
O meu que é só meu.
O meu que te aquece.
O meu que é só seu.
O seu, que é seu...me enlouquece

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Tesão!!!

Sobre teu corpo meu tesão
Me entrego nesse prazer
Não há ventura na vida
Maior que este querer.
Meu corpo que cola no teu
Domino seus sentidos
Nós dois somos um
Tua pele os meus seios excita
Meus seios estremecem com seus dentes
Sua língua a minha pele recorre
Deslizando pelas minhas pernas
Tua boca meu mel recolhe
Teu perfume no meu corpo fica
Suas mãos em minhas curvas se perdem
Tuas pernas nas minhas se embaraçam
Nossas almas na paixão se fundem
Nossos corpos num espasmo se abraçam
Perdido no meu ventre
Elevas meu corpo quente,
Ouço os gritos do teu corpo.
No meu pescoço, sinto tua boca
Reflete no corpo o desejo
Que pede, que exige
Todo dia, dia-dia
Cada vez mais!
Me caça,
Enlaça
Seu corpo no meu!
Isso, sem medo!
Seja meu homem,
Acabe comigo!
Me acabe em líquidos...
Deixe que escorra
Pela fenda,
Minha perna,
Minha coxa,
Você vai ver
Escorrendo o meu prazer!

domingo, 9 de agosto de 2009

Só...

Penso em você
estou só
Faz frio
meu corpo quente
Espero pelos
teus carinhos
afagos
Minha alma sem portas
deixa você entrar
Buscas meus segredos
meus receios
Penso em você
estou só
Escuto baixinho
a música
Que juntos cantamos
nos sussurros
do amor
E somente ouço
minha voz
Estou só
Procuro e não
te acho
me perco
Acho-me na
tua mente
nitidamente
Fecho os olhos
e te vejo numa
imensa saudade
Estou só
Penso em você
estou indo ao
teu encontro
vou de carona na
minha alma
Não estou mais só

Imaginação

Eu posso te sentir...
te ver...
te ouvir...
sempre que quero.
Não me desespero.
A mente deseja, o coração lateja,
e te sinto meu ...
aqui dentro...
no fundo da alma.
Isso me acalma.
Sinto teu gosto,
teu cheiro.
Sinto-te...inteiro.
Toco tua face como se
não importasse ser
apenas em sonho.
Esse proceder me conforta.
Que me importa, se tudo isso é irreal,
pois esse foi o único jeito
que eu encontrei de te ter, afinal!

Te sinto...


Te sinto...
mesmo que ao longe você esteja
Te quero...
mesmo sabendo que não poderei te ter
Queria poder te acariciar...
Queria sentir teu calor...
ouvir tuas palavras cheias de carinho...
Queria sorrir ao te ver ...
Um vazio enorme surgiu dentro de mim...
Queria que o vento soprasse no seu
ouvido e fizesse você se lembrar que um dia...
em algum lugar...
alguém te amou ...
da forma que foi capaz...
que colocasse dentro do seu coração
o carinho que havia nesse amor...
que ele aquecesse seu coração
nos momentos que se sentisse só...
que fizesse você se lembrar...
Eu te procuro e não te vejo...

domingo, 2 de agosto de 2009

Insanidade


Beijo-te delicadamente,
em cada pedaço de carne
Gosto de ver-te arrepiado,
desejando cada vez mais
Desperto-te em meio à noite
tocando teu sexo
Colando meu corpo quente
e ardoroso no teu
Faço-te escravo das minhas carícias
Bolinando-te com a mão seu kct,
enquanto os lábios passeiam
Quando sinto teu gozo,
reclamo a minha satisfação
E você sem demora explora
minha xana com a língua,
com a boca, com os dedos,
Fazendo dessa loucura
que me deixas o ritmo do meu coração
Tua mão alisa meu seio,
aperta meu mamilo,
sem abandonar meu sexo
Teu falo duro invade-me por completo,
de uma só vez,
Prende-me os braços acima da cabeça
E no vai e vem do seu corpo no meu
A sua boca no meu seio
Os meus pelos ásperos
roçando no seu saco,
batendo, de encontro a ele
Me levando cada vem
mais à loucura do gozo
Vem amor me inunda
com teu líquido quente
Você sem demora me obedece
Que feliz eu sou...
e peço mais,
e falo usa e abusa pois,s
ou só sua.
com delicadeza abre minhas pernas
e começa sugar seu grelo,
Ate eu explodir todo meu gozo em sua boca.

sábado, 4 de julho de 2009

Quero Sentir...


Quero sentir teu prazer
teu néctar a me adoçar
em meus lábios de mulher
quero sugar tua essencia
sem nada deixar
quero fazer-te
Meu...
Só meu
Em meu prazer
misturado ao teu
E te enlouquecerem meus gemidos
em minha loucura
de pura mulher
e lhe deixar estirado
aos meus desejos
ao meu prazer
Quero deixar-te
assim aos meus
dominios de fera...
De mulher...
Ou vestida de anjinha
mas te possuir em loucura
sem desafios de insanidade
a deixar-te assim...
Louco...
Insano...
Desesperado de desejos...
Sedento de meu néctar
mas absolutamente
louco por mim

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Tatuagem...


Deita na minha cama vazia
Deixa teu cheiro impregnado
Meu corpo quer tua euforia
Venha ser meu doce pecado!
Quero-te como meu amado
Tu hás de ficar na minha pele
Ficarás pra sempre grudado!
Minha louca (ins)piração
Nas minhas entranhas...
No meu corpo, tatuado!
Eternamente......em mim,
cravado!

Me Ame Assim...


Me ame
Com vontade
Com desejo
Com ardor
Com paixão
Quero ser tocada
Por essas mãos quentes
Tocando meus seios tesos
Meu corpo aquecido pelo
seu calor
Nesse desejo de ser abraçada
por você
Seu corpo quente,
seus lábios
a espera dos meus beijos
Me beije toda,
por cada parte de meu corpo
quero sentir seus beijos,
Sinta minha boca
Viajando nas extremidades
do seu corpo nu
Desvendando seus segredos
Seus mistérios
Fazendo-o sentir um prazer
gostoso,
intenso

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Kero Você


kero sentir teus beijos
Em meus lábios
kero caricias e mordidas
marcando meu corpo
kero o teu olhar
me despindo
kero suas palavras mais ousadas
enquanto me abraças
kero sentir teu corpo
junto ao meu
kero provar o vinho
na sua boca
kero ficar louca
em nossa cama
kero que alises meu cabelo
faça arrepiar todos meus pêlos
kero que mate todos os meus desejos
descobrindo aos poucos meus segredos
kero suar, delirar
kero que me mostre como é ser amada
kero ser dominada
como uma fera no cio
Kero você

sábado, 20 de junho de 2009

Teu Corpo...


de homem maduro
lobo no cio
músculos pretuberantes
sexo viril
sensual fatal...
Desumano
quase imortal imoral...
Quando me atiças
nada de preguiça...
O momento se faz
beijos...
Abraços
nos seus braços
me deixo
ser amada
te amar...
Deixo que me possuas
como tal...
Homem que me fascina
que me culmina
que me faz mulher fatal!"

Sou Eu...


...sou eu
a tua DEUSA
escuto o teu gemer
sinto o sabor da tua boca
mio de prazer
arranho-te,
com uma vontade louca
a tua boca na minha boca
o amor que nos queima,
nos chama
teu cheiro que me deixa louca
sou que te arranha
eu gosto de te arranhar
gosto do sabor do teu corpo
do teu gemido rouco
que emites ao me amar
tenho os lábios famintos de desejo
as mãos em delírio por te tocar
vontade em sentir o sabor do teu beijo
sou DEUSA...
desafiadora...
quero te devorar
divide comigo as tuas delícias
deixa-me conhecer a tua alma
quero te fazer muitas carícias
que em teu corpo acalma!!!

quarta-feira, 10 de junho de 2009

"Quero-te"


Querer-te...
De ti, não guardo apenas o jornal e a estatueta,
De expectativa, restou-me somente uma vinheta;
Quero teu beijo, desejo-o ardentemente,
Mas, por saber-te longe, percebo-me descrente.
Estou só, queria ter-te agora,
Sentir-te, beber teu gozo, teu sumo;
Queria-te dentro de mim, dizer-te: me adora!!!!
Queria dar-te meu corpo, amor.
Assumo!
De paixão envolvo teu hálito,
Da saudade já tenho o hábito!
Quero-te todo, embora sistemático,
Quero-te em cores, não monocromático.
Beber demais - já virou rotina -
Pra não pensar a cada minuto, a cada esquina-
Como se as tivesse Brasília -
Que do prazer quero dar-te a alegria.
Me impede, no entanto, o excesso de etílico teor,
De ligar-te e oferecer-te meu desatinado ardor;
Vejo-me a escrever sem sentido, amor,
Enquanto me embriago com mais um licor.
Tesão?
Tenho, também, de sobra!
Paixão?
Com certeza, me sobra!!
A ausência, te imploro, cobra!!!
A loucura, não negue, desdobra!!!!
Deita em meu corpo, quero ser tua;
Põe-me louca, ensandecida e toda nua;
Engole meu gozo... quero uma vez mais,
Deitar em tua boca meus sucessivos ais...
Não partas, fica, quero tuas mãos ternas
E também teu corpo em minhas cavernas;
Vem, chega perto, me abraça, me aquece,
Vem, me possui, me enlaça, me enlouquece...

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Quero você essa noite...


Essa noite vou te esperar
Quero seus beijos ardentes
Na minha pele loira
Serei com voce carinhosa
Quero seu cheiro de homem
Tatuado em minha pele
Quero fazer com você amor
Selvagem e gostoso
Vou me prender nos seus braços
Respirar tua boca e perguntar a
Tua língua onde guardas o meu
Néctar quente e leitoso?
E em um gemido gostoso
Vai dizer está dentro de mim...
Selarei com um beijo na sua boca
A nossa noite de prazer
Vai!
Me leva à loucura!
começa percorrendo meu corpo
com tua língua
ávida e quente
Vem!
Que te quero meu.
Me beija as coxas,
Hum. arrepios.
Me deixa louca,rouca,
Me faz tua.

domingo, 31 de maio de 2009


Suavemente, tocas-me a alma e o corpo...
Derretes-me com o teu sorriso doce...
O teu terno olhar...
seduz-me... conquista-me...
Perco-me, de livre vontade, em ti!
Beijo-te levemente os lábios e tu retribuis...
beijo-te atrás da orelha e sinto-te vibrar...
vou descendo pelo pescoço...
desabotoando timidamente a camisa,
desnudando-te o peito, que se oferece à minha boca...
beijo-o avidamente.
Fome de ti, do teu corpo, do teu sabor, do teu cheiro...
Estás visivelmente excitado (tal como eu)
e acaricias-me o cabelo, numa entrega total,
sem limites, sem pudores, sem receios...
Concentro-me um pouco no teu umbigo...
sei que te deixa louco...
a proximidade com algo que já pulsa e clama pela minha boca...
já sinto o teu odor, que me deixa sem
qualquer duvida quanto ao teu estado...
vou beijando e mordendo levemente abaixo do umbigo,
mas páro antes de lá chegar...
Liberto-te das calças, que te prendem.
Toco o teu membro muito levemente e tu reajes...
olho-te nos olhos... estás visivelmente excitado,
numa ansia de me sentir, de me possuir... e,
no entanto, o teu olhar... que tanto me seduz!...
permanece doce e terno.
Sinto-te derreter a cada toque meu, a cada palavra minha...
Concentro-me em ti, no que clama
quase desesperadamente por mim...
beijo-te, mordo-te, sugo-te...
estás inteiro em mim e sei que estás quase a atingir o climax...
sentir o teu prazer deixa-me louca!
De repente, fazes-me parar,
encostas-me à parede e entras, em fúria, em mim...
com desejo, com tesão, com força!
Explodes num orgasmo que me faz rapidamente
seguir-te e atingir o orgasmo também!
Extenuados, ficamos assim, eu encostada à parede,
tu apoiado em mim...
Ambos com um sorriso nos lábios e a
satisfação estampada nos nossos rostos...

Deixa teu corpo assim como está
Completamente atolado em mim
Boca, pele, pênis e pensamentos
Quero prazer, delírios e gozo no fim
Arranha meu pescoço com tua barba
És lindo, quente e quero-te agora
Somos um só neste momento
Não nos importa os outros lá fora
Sou tua totalmente meu grande amor
Boca, seios, pele, ânus e vagina
Suga assim todas as minhas forças
Deixa-me completamente desfalecida
Neste momento não somos mais dois
Assim grudados somos apenas um
Unidos por um elo lindo e forte
Somos agora e para sempre sexo, amor e paixão
Teu corpo eu reconheço pelo cheiro
Gostoso de tesão à flor da pele.
Entrando e desfrutando dele inteiro
Ao fogo do prazer já me compele.
Nos seios, coxas, grelo, ânus, xoxota
A língua passeando quer bem mais.
Ouvindo tua voz pedindo:
Bota!Vontade de ficar.
Sair jamais!
Mexendo devagar, lambendo tudo.
Comendo à me fartar, te satisfaço;
A posição; se pedes logo eu mudo,
Do jeito que quiseres, não disfarço
Num gozo de gemidos e delírios
meu corpo no teu requebrando,
e com teu membro viril me penetrando
o meu tesão por tí ia aumentando.
Nossos corpos dançavam com
loucura a dança inebriante do prazer,
e orvalhando gotas de amor como animais no cio,
gozaste em mim, e eu gozei em você!
Gozando em minha boca, e eu na tua
E a festa, comilança, continua...

segunda-feira, 4 de maio de 2009


Quero o aperto dos
seus braços
Quero o calor dos
seus abraços
Quero suas mãos em
meu corpo
Quero ser a sua vida
A sua menina
Seu alimento
A sua paixão
Quero ser o
seu amor
A qualquer hora
de qualquer jeito
Quero você todinho
pra mim
Quero ser o
seu luar
Quero ser a estrela
a te guiar
Quero ser o sol ate iluminar
Quero ser a chuva ate molhar
Quero ama-lo
loucamente
Deliciosamente
Chama-lo de MEU

Nosso amor eternizado
Em nossos corpos colados
Que sempre nos faz tão bem
Somos reféns de um tesão incontrolavel
Gozo deliciosamente inevitavel
Quero teu falo rijo insaciável
Quero teu beijo atrevido
Meu sexo por ti lambido
Sugado, saciado
Eu te sugando com prazer
Com meu olhar safado
Vem matar minha vontade
Que invade meu corpo, alma e sexo
Invade sem nexo, mas invade em excesso
Me poe contra a parede
Dedilha meu sexo molhado
Me joga na cama de quatro
Me penetra o rabo
Me faz este misto de prazer e dor
De entrega completa de Amor
Pertenço-te de todas as formas
Em todos meus espaços
Vem que sempre
Tua mulher me faz